Vamos falar sobre fertilidade?

Temos muito o que viver nessa vida, e ter filhos pode ser uma dessas inúmeras possibilidades.  Muitas de nós queremos ter filhos “uuuum dia” - pelo menos é isso que nos acostumamos a responder. Mas mesmo com a frase pronta, a verdade é que a gente não tem certeza de como,  quando ou até mesmo se isso vai acontecer. 


E é por isso que precisamos falar sobre fertilidade.

Hoje em dia já conseguimos planejar, calcular, prever um monte de outras coisas na nossa vida, mas a fertilidade, essa parte tão importante, continua numa caixa preta. Enquanto isso, o tempo está passando.


Às vezes bate uma insegurança quando pensamos que nós mulheres já conquistamos tanto nessa vida - podemos trabalhar, ganhar nosso próprio dinheiro, viajar e experimentar de tudo um pouco - mas os corpos femininos continuam os mesmos. Quem nasce com ovários e útero nasce também com todos os óvulos que serão liberados ao longo da nossa vida fértil e eles são limitados.


Já pensou nisso?


Mas calma que temos uma boa notícia: a fertilidade pode até ser uma caixa preta para muitas pessoas, mas essa caixa preta tá dentro de você. E são seus ovários. 


Notícia melhor ainda: existe um jeito de entender o que está acontecendo com eles e estimar o status da sua reserva ovariana. Fazemos isso através de um exame que mede a quantidade de um hormônio específico no seu sangue, o nem-tão-famoso-assim hormônio antimülleriano. 


É ele o responsável por regular a maturação dos seus folículos ovarianos, um movimento que está diretamente ligado à sua fertilidade, já que determina o “estoque” de óvulos que você ainda possui. A gente não consegue contar exatamente quantos óvulos você ainda tem, mas com a ajuda de uma médica especialista, depois do exame é possível entender como está o seu nível de hormônios para sua idade — e o que isso quer dizer na prática, quando falamos de fertilidade.


E a melhor notícia de todas vem agora: a Oya Care nasceu pra levar esse exame até você. 


Literalmente: você nem precisa sair de casa. Muito menos 'dar um rim' pelos seus ovários. É assim que funciona a Descoberta da Fertilidade, nosso carro-chefe do momento: com uma amostra de sangue conseguimos fazer a dosagem do hormônio antimülleriano no seu organismo e, a partir dessa informação, fazer uma avaliaçãoda sua vida fértil nesse momento. Tudo com a ajuda e acompanhamento da nossa equipe, da coleta ao resultado!


Com esse conhecimento na sua mão, você ganha o poder de fazer escolhas para sua vida. Se você quer ter filhos agora, daqui a alguns anos, ou nunca — não importa. Mas pra planejar qualquer uma dessas possibilidades, é preciso antes de tudo falar sobre fertilidade.‍


Bem, é isso. Gostou?

Então Vamos marcar um exame pra você!

Leia também:
Como recuperar o tesão perdido?

"Sexo saudável depende de uma série de elementos. Primeiro, você tem que estar bem, estar seguro, a saúde física e emocional preservada, ou o sexo fica prejudicado. E isso é mais complicado no momento atual.", diz Carmita Abdo, psicóloga e sexóloga.

Ler texto
Minha experiência com a Oya - por Maria Luiza

"Não precisei escolher entre ser mãe ou ser uma boa profissional: eu posso ser as duas coisas!", Maria Luiza, nossa oyana, percebeu isso ao passar pela Descoberta da Fertilidade e por isso topou dividir com a gente todas as emoções do processo.

Ler texto