Assine a newsletter para receber conteúdos exclusivos

A Oya Care

Acreditamos que conhecimento é poder e esse é nosso espaço para falar sobre vários assuntos importantes para sua saúde, sua fertilidade e muito mais. Pode entrar, fique à vontade!

Conheça nossos serviços de ginecologia e sem sair de casa. Com empatia, agendamento rápido e sem preconceitos.
Colunistas
Contracepção
Depoimentos
Fertilidade
Oya Recomenda
Rotina
Saúde
Sexo
Sociedade
Trabalho e Relacionamentos
Anna Vitoria Rocha
Dra. Natalia Ramos
Giuliana
Giuliana Giordano
Laura Máximo
Marina Orlandini
Vanessa Pessoa
Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form.
Assine nossa newsletter e receba conteúdo exclusivo sobre saúde e autonomia feminina.

Os mitos da fertilidade

SUMÁRIO

A fertilidade feminina ainda é um assunto pouco falado. Com isso, surgem muitas incertezas e ainda pior: os mitos. Vamos desmistificar alguns deles?

1. “Sou jovem e saudável. Ainda não é hora de pensar na minha fertilidade.”

Não é beeem assim. Mesmo mais nova e sem planos de engravidar no momento, sua fertilidade é uma parte super importante da sua saúde, como mulher. Entender sua fertilidade significa compreender seu ciclo menstrual e entender as mudanças que seu corpo passa todo mês. Quando você cria essa percepção sobre si mesma, você automaticamente cria uma sintonia maior com seu corpo — o que é super relevante até pra ajudar a diagnosticar outras doenças que você pode vir a ter ao longo da vida. Enfim: fertilidade não é só sobre engravidar. 😉

2. “Já tive filho, então eu já sei que não tenho problema pra engravidar.”

Na verdade, ter engravidado antes não é garantia de fertilidade sempre. Com ou sem filhos, a fertilidade de toda mulher tende a cair com mais velocidade a partir dos 30 anos. Por isso, acompanhar a fertilidade faz toda a diferença para mulheres e casais pensando em ter mais filhos, especialmente depois dos 30, 35 anos. Com isso, tudo se planeja.

3. “Todas as mulheres ovulam no 14º dia do ciclo menstrual.”

Ops! A sua ovulação depende da duração do seu ciclo. Acontece que a gente conta o dia da ovulação de trás pra frente: ovulamos sempre 14 dias antes de descer a menstruação. Como o corpo de cada mulher tem um ritmo diferente, a ovulação desce no 14º dia só pra quem tem um ciclo regular de 28 dias — e olha que isso também depende de outros fatores como estresse, sono e alimentação. Mas seja como for o seu ciclo, você também consegue identificar seu período fértil e o dia da ovulação sem precisar saber o dia certinho que você vai menstruar — tudo acompanhando e observando os sinais do seu corpo. Aliás, a gente considera período fértil os 3 dias antes e 2 dias depois do dia que você ovulou. Sempre bom saber, né? Se quiserler um pouco mais sobre ciclos clica aqui.

4. “Infertilidade é problema da mulher.”

Não só! A infertilidade afeta mulheres e homens na mesma proporção, sabia? Se um casal está tentando engravidar, os dois devem procurar especialistas, pra ter uma avaliação dos dois lados e do todo.

5. “A idade não muda muita coisa quando o assunto é engravidar.”

Alguns pontos são bem diferentes, sim. Quando a gente é mais nova, nossa reserva ovariana é de maior qualidade e quantidade — e isso influencia tudo. Então, por mais que seja possível engravidar depois dos 35, existem alguns desafios. O congelamento de óvulos, por exemplo, pode ser uma forma de driblar a escassez e a maturidade dos óvulos e deixar a gravidez para o momento de vida que você escolher, mesmo que seja pra mais tarde.

6. “Tomar a pílula anticoncepcional por muito tempo pode levar à infertilidade.”

Essa é famosa, mas não é cientificamente comprovada. Até onde sabemos, a pílula anticoncepcional não prejudica sua chance de engravidar no futuro. Quando você para de tomar a pílula, você volta a ovular e, mais cedo ou mais tarde, retoma o ritmo natural do seu ciclo. Agora, uma coisa que pouca gente fala sobre a pílula é como ela pode esconder outros problemas que, sim, mexem com a fertilidade — como a baixa reserva ovariana e a endometriose. Por isso, visitar o seu médico pelo menos todo ano é uma boa pedida para acompanhar a saúde do seu corpo.

E você, tem alguma dúvida ou algum tema que a gente pode ajudar a desmistificar? Deixa sua sugestão aqui embaixo. Quem sabe não dá assunto por aqui? 😉


REFERÊNCIAS
Tudo por apenas
R$ 389
ou 6x de R$ 64,83
Até 100% reembolsável pelo plano de saúde

Descoberta da Fertilidade

Avaliação preventiva da vida fértil com equipe de ginecologistas especialistas em fertilidade.
R$ 389
ou 6x de R$ 64,83
Conhecer Descoberta
Tudo por apenas
R$ 389
ou 6x de R$ 64,83
*Até 100% reembolsável pelo plano de saúde

Descoberta da Fertilidade

Avaliação preventiva da vida fértil com equipe de ginecologistas especialistas em fertilidade.
Conhecer Descoberta

Leia também

Mulher faz sessão de acupuntura

Acupuntura e saúde feminina: para que serve e o que a ciência diz

É verdade que acupuntura alivia cólicas e dores do parto? Ajuda mesmo na fertilidade? Entenda.

Ler mais
Claudia raia está grávida na menopausa

Claudia Raia está grávida na menopausa: ela fez tratamento?

Atriz revelou gravidez aos 55 anos, na menopausa. A equipe médica da Oya Care explica como foi possível. Vem ver!

Ler mais
Stephanie Noelle fala sobre fertilidade

Stephanie Noelle: "a Descoberta da Fertilidade foi transformadora"

Em uma carta super sincera, Stephanie Noelle fala sobre sua experiência com a Descoberta da Fertilidade da Oya. Leia!

Ler mais
Mãos se tocando representam a descoberta da fertilidade

Minha experiência com a Descoberta da Fertilidade: Fernanda Antunes, 35

Nove anos depois de uma perda gestacional, Fernanda encara a própria fertilidade com ajuda dos especialistas da Oya Care. Leia mais.

Ler mais

A Oya Care

Acreditamos que conhecimento é poder e esse é nosso espaço para falar sobre vários assuntos importantes para sua saúde, sua fertilidade e muito mais. Pode entrar, fique à vontade!

Conheça nossos serviços de ginecologia e sem sair de casa. Com empatia, agendamento rápido e sem preconceitos.

Reembolso

O valor do reembolso pode chegar a 100% do valor mediante apresentação de nota fiscal dependendo da cobertura do seu plano.

Para saber mais entre em contato com o seu plano de saúde.

Entendido

Receba conteúdos exclusivos sobre saúde e autonomia feminina:

Nome completo
Email
Idade
É profissional da saúde?

Agradecemos sua inscrição em nossa Newsletter!

Oops! Estamos passando por algum problema técnico, tente mais tarde por favor

Obrigada por se inscrever na nossa Newsletter!

Fale com a gente
Fale pelo WhatsApp