Assine a newsletter para receber conteúdos exclusivos

A Oya Care

Acreditamos que conhecimento é poder e esse é nosso espaço para falar sobre vários assuntos importantes para sua saúde, sua fertilidade e muito mais. Pode entrar, fique à vontade!

Conheça nossos serviços de ginecologia e sem sair de casa. Com empatia, agendamento rápido e sem preconceitos.
Colunistas
Contracepção
Depoimentos
Fertilidade
Oya Recomenda
Rotina
Saúde
Sexo
Sociedade
Trabalho e Relacionamentos
Anna Vitoria Rocha
Dra. Natalia Ramos
Giuliana
Giuliana Giordano
Laura Máximo
Marina Orlandini
Vanessa Pessoa
Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form.
Assine nossa newsletter e receba conteúdo exclusivo sobre saúde e autonomia feminina.

A medicina (ainda) não sabe tudo sobre a saúde feminina

SUMÁRIO

A mulher é, muitas vezes, quem cuida de todo mundo em casa. É quem compra remédio, leva no médico, dá um toque no marido pra ele ficar de olho na saúde. Mas quando o assunto é a saúde dela, tudo muda: são muitas dúvidas, poucas informações e até vergonha de falar sobre alguns tabus (que simplesmente fazem parte do corpo feminino).

Mas por que isso acontece em pleno século 21?

Quantas mulheres já não foram mal-tratadas numa consulta? Acontece mais do que deveria. Por preconceito e vieses inconscientes, as queixas de pacientes femininas muitas vezes são vistas como frescura, ou ainda problemas psicológicos. O resultado é, muitas vezes, um diagnóstico errado — o que pode esconder o problema real por anos e fazer com que a mulher tome remédios errados. Imagina o quanto isso é perigoso.

Tem mulheres que seguem com esse diagnóstico impreciso pro resto da vida. Outras, precisam consultar muitos médicos até encontrar um que a escute, examine e diagnostique corretamente. Com tudo isso, o tempo vai correndo e a chance de tratamento e cura é cada vez menor — como, por exemplo, no caso de tumores e problemas cardíacos.

O problema não tá só nos consultórios. Pensa que foi só a partir dos anos 90 que o Instituto Nacional de Saúde dos Estados Unidos (NIH) começou a estudar a saúde da mulher como uma linha específica. Nem precisa ir tão longe: até 2015, não era obrigatório envolver homens e também mulheres em pesquisas e ensaios clínicos. O olhar da medicina para as mulheres é recente demais.

E quando a medicina não é pensada para o corpo da mulher, é claro que os impactos são muitos. De atendimento a diagnóstico, tratamento e, claro, cura.

Além de ser mulher, muitos outros elementos também interferem nesse cenário todo. Os vieses de médicos sobre raça, classe social, peso e orientação sexual também podem distorcer tudo. E isso não devia ser uma realidade.

A Oya chegou pra ajudar todas as mulheres a tomarem as melhores decisões para seus corpos. Com informação, recursos e escuta a cada uma, vamos juntas descomplicar o cuidado da saúde feminina. Comece por aqui.

Todas as informações nesse post são embasadas nesse artigo da BBC.

REFERÊNCIAS
Até 100% reembolsável pelo plano de saúde

A primeira clínica virtual de saúde feminina do Brasil

Ginecologia e fertilidade sem sair de casa. Medicina para mulheres e pessoas com ovários. Com empatia e sem preconceitos. Agendamento rápido. Sua saúde é sua!
Conheça a Oya
Tudo por apenas
*Até 100% reembolsável pelo plano de saúde

A primeira clínica virtual de saúde feminina do Brasil

Ginecologia e fertilidade sem sair de casa. Medicina para mulheres e pessoas com ovários. Com empatia e sem preconceitos. Agendamento rápido. Sua saúde é sua!
Conheça a Oya

Leia também

Mulher faz sessão de acupuntura

Acupuntura e saúde feminina: para que serve e o que a ciência diz

É verdade que acupuntura alivia cólicas e dores do parto? Ajuda mesmo na fertilidade? Entenda.

Ler mais
mulher com o rosto encontado na perna e flores no cabelo

O que é cistite de lua de mel?

Você já ouviu falar na cistite de lua de mel? A primeira clínica de saúde feminina do brasil te explica mais sobre esse desconforto!

Ler mais
mão com gotas d'água representando infecção urinária

Dor ao urinar: o que fazer?

Apesar de muito comum, sentir dor ao urinar não é normal e precisa de cuidados. Vem com a Oya para saber mais!

Ler mais
ilustração do vírus causador da varíola dos macacos

Varíola dos macacos: o que é e como se proteger?

A primeira clínica virtual de saúde feminina do Brasil te explica tudo o que você precisa saber sobre a varíola dos macacos. Vem!

Ler mais

A Oya Care

Acreditamos que conhecimento é poder e esse é nosso espaço para falar sobre vários assuntos importantes para sua saúde, sua fertilidade e muito mais. Pode entrar, fique à vontade!

Conheça nossos serviços de ginecologia e sem sair de casa. Com empatia, agendamento rápido e sem preconceitos.

Reembolso

O valor do reembolso pode chegar a 100% do valor mediante apresentação de nota fiscal dependendo da cobertura do seu plano.

Para saber mais entre em contato com o seu plano de saúde.

Entendido

Receba conteúdos exclusivos sobre saúde e autonomia feminina:

Nome completo
Email
Idade
É profissional da saúde?

Agradecemos sua inscrição em nossa Newsletter!

Oops! Estamos passando por algum problema técnico, tente mais tarde por favor

Obrigada por se inscrever na nossa Newsletter!

Fale com a gente
Fale pelo WhatsApp